Ilha Grande, no Rio de Janeiro, era um daqueles destinos que eu sempre quis ir desde a época da faculdade. E foi em janeiro de 2020 que resolvi combinar alguns dias na ilha com outros em Paraty.

Os passeios e detalhes sobre Paraty você pode conferir nos nossos outros posts:

E agora vou te contar as principais dicas para chegar a Ilha Grande de uma forma econômica.

Como chegar em Ilha Grande

Para o turista chegar a Ilha Grande é preciso pegar um barco ou uma barca, já que estamos falando de uma ilha.

As barcas são o meio de transporte mais barato, já que custam R$ 16,70, e mais lento, porque demoram entre de 1 hora e 30 minutos a 1 hora e 50 minutos. Geralmente elas fazem o transporte no tempo mais demorado, claro!

As barcas saem diariamente de Mangaratiba às 08:00 horas para a Vila do Abraão e na sexta-feira ainda há um horário extra às 22:00 horas. Já de Angra dos Reis o horário é 15:30 horas e nos fins de semana e feriados 13:30 horas.

Para quem prefere pagar um pouco mais caro mas quer chegar mais rápido e ter a comodidade de ir para a vila do Abraão em qualquer horário pode pegar o transporte em Conceição de Jacareí ou na estação de Santa Luzia, em Angra dos Reis.

De Conceição de Jacareí há horários de 30 em 30 minutos. Este local fica entre Mangaratiba e Angra dos Reis e é o ponto mais próximo da Ilha Grande, por isso, a viagem pode variar de 15 a 50 minutos, dependendo da embarcação, que pode ser uma escuna ou uma lancha.

Na estação de Santa Luzia os barcos rápidos saem a cada hora e levam em torno de 30 minutos até a Vila do Abraão e custam R$ 60,00 o trecho.

Quem está em Paraty também pode pegar um barco de lá mesmo e ir até Ilha Grande. Algumas empresas fazem esse serviço, é só procurar. Algumas combinam o transporte terrestre até Angra dos Reis em vans com um barco na estação de Santa Luzia.

Tem gente que prefere ir de carro até Angra dos Reis, deixar o carro no estacionamento próximo à Estação de Santa Luzia e pegar o transporte marítimo. Enfim, há formas de chegar de todos os jeitos. Você só precisa chegar em um dos locais necessários para pegar um barco, ou barca.

estacionamento angra dos reis rio de janeiro
Estacionamento de carros em Angra dos Reis.

No meu caso, a intenção era a fazer a viagem da forma mais econômica e junto com a minha irmã e a minha amiga pegamos um ônibus da viação Colitur na rodoviária de Paraty direto para Angra dos Reis. A passagem custa R$ 16,00 e o percurso dura 2 horas. Por isso, para quem vai pegar a barca que é às 15:30 horas é melhor verificar anteriormente os horários dos ônibus para não perder a barca.

A parada para quem vai para Ilha Grande de barco ou barca é a mesma: o ponto final. Deste local a estação de Santa Luzia é avistada facilmente. O problema é para quem vai de barca, que não há placas direcionando.

estação santa luzia ilha grande rio de janeiro
A estação de Santa Luzia. Barcos rápidos!

Devo dizer, no sol que estava a caminhada até a barca foi puxada. O cais da barca é bem depois do cais da estação, é preciso seguir em frente, margeando a ciclovia, atravessar a rua, passar por um ponto de ônibus e ao lado da garagem de uma viação de ônibus há um portão sem muita identificação, é ali. Se você tiver sorte haverá alguns homens passando apressados com mercadorias em carrinhos que serão colocados dentro da barca.

Do ponto final a estação de Santa Luzia está bem ali. No nosso caso era seguir a ciclovia até…

Chegamos lá às 14:00 horas e os ingressos só começariam a ser vendidos às 14:30 horas. Daí o jeito foi tentar arrumar um lugar na pequena área de espera.

Sinceramente, fiquei pensando como seria difícil para os turistas de fora do país chegarem até ali, se para nós já foi bem difícil. Saímos perguntando a várias pessoas sobre qual direção tomar.

porto santa luzia angra dos reis rio de janeiro
É ai que você tem que entrar para ir para a barca. Lá no fundo há o portão onde entramos e conseguimos avistar a barco aqui, perto de onde tirei esse foto.
A barca, esperando para ser carregada
O lugar de espera pequeno e já estavam começando a vender os ingressos.

A barca é bem grande, o que é bom porque as pessoas levam tudo nela. De compras básicas a até aparelhos de ar-condicionado, e a maior parte das coisas vai ali entre os passageiros. As cadeiras não são muito confortáveis, mas também não chega a ser péssimo.

Dentro dela é assim: Gente, compras, sacolas, tudo junto e misturado.

A viagem é muito tranquila e lenta. Quando chegamos em Ilha Grande nos demos conta que se olhássemos no horizonte continuávamos vendo Angra dos Reis. Ou seja, a ilha é muito perto do continente e não tinha base levar tanto tempo para chegar até lá. Fazer o quê!

Para voltar para Angra do Reis utilizamos o serviço de barco. Tínhamos que pegar um ônibus para São Paulo ao meio-dia e a barca sai de Vila do Abraão às 10:00 horas, independente do dia. Achamos apertado.

Uma coisa muito importante, se você está em Ilha Grande e tem um compromisso no continente compre sua passagem do barco pelo menos no dia anterior na estação do cais do Abraão ou na loja da Objetiva em frente.

O nosso horário de barco era o de 10:30 horas e estava lotado.

Para pegar o barco é uma confusão porque é justamente no cais que serve para tudo: chegada de produtos, saída e chegada de passeios, então é muita gente circulando. E outra, o barco é um barco comum, não foi adaptado a pessoas segurando malas e mochilas. Então você precisa entrar e dar o seu jeito para ficar sentado e com a sua mala. Pelo menos o transporte é rápido.

estação abraão angra de reis rio de janeiro
A estação Abraão, com muita gente esperando para pegar o barco.
O nosso barco para voltar.

Onde Ficar dicas

Ilha Grande, como o próprio nome já diz é uma ilha com diversas comunidades espalhadas e em cada uma é possível encontrar hostels, pousadas, hotéis e campings. Porém, a Vila do Abraão é onde a maior parte da população se concentra, onde todos os barcos partem e saem para o continente e, por isso mesmo, onde há o maior número de restaurantes, bares, agências de turismo e hospedagens. Nós achamos melhor ficar na Vila do Abraão pela comodidade e foi muito bom.

A Vila do Abraão é bem pequena mas pode ter certeza que com malas e mochilas ela pode ficar muito grande, de verdade. Isso porque ela possui apenas ruas de terra, a areia da praia e a rua principal que é calçada com paralelepípedos, o que quer dizer que andar por lá assim que você chega a procura da sua hospedagem não é fácil.

Nós chegamos em Ilha Grande em torno de 17:00 horas e estava chovendo bastante. Nossa sorte foi que nosso hostel era bem na frente da Estação da Vila Abraão. Em um passeio encontramos um casal que havia chegado a noite e tinha ficado hospedado em uma pousada difícil de chegar com mala e criança. Eles pagaram a um carregador para levar as coisas deles.

Uma coisa bacana da Vila do Abraão é que existem placas em algumas esquinas informando as direções de várias hospedagens. E tem hospedagem para todos os cantos. Quando você acha que não, no fim de uma rua sem saída tem uma pousada.

Desta forma, em razão da posição dos dois píeres de chegada, as hospedagens que se situam nas extremidades da vila são aquelas em que o turista terá que andar mais para chegar.

Ah, mas como chega nas outras vilas e comunidades? Bom ai o turista precisa chegar na Vila do Abraão e de lá pegar um barco que o leve até onde vai ficar. Se esse for o seu caso, entre em contato com a sua hospedagem que eles podem ter bons contatos para te levar até a praia que você vai ficar.

Nós ficamos no hostel Beira Mar que realmente é em frente ao píer onde está localizada a estação Abraão. Nós só atravessamos a rua e chegamos para pegar o barco para ir embora. A princípio o hostel tem uma cara bem beira de estrada, mas ele é bem legal. Camas e banheiros limpos, quartos organizados e um café da manhã sensacional.

Pagamos R$ 75,00 a diária em um quarto compartilhado para seis pessoas. Levando em conta os preços de Ilha Grande ficou até bem em conta.

Algumas opções um pouco mais baratas são os campings. Existem muitos, tanto no Abraão quanto em outras praias, porém algumas vezes a diferença de preço para os hostels não é muita. É bom verificar bem todas as possibilidades.

O nosso hostel era esse ai bem de frente para o píer. Todos os dias quando voltávamos agradecíamos por ter ficado nele.

Quando ir

Ilha Grande é o típico destino de praia, e por isso, é muito procurado nos meses de verão, entre dezembro e março. No entanto, essa época também chove muito. Eu mesma perdi um dia inteiro lá porque choveu torrencialmente. Não dava para fazer nada. Nenhum passeio saiu nesse dia.

Acontece também de você ir para um passeio com o tempo nublado e o sol se abrir e acontece o contrário também. Aconteceu com a gente, as duas coisas.

Um dos nossos guias dos passeios nos disse que Ilha Grande é bom para ir até nos meses de inverno, mas ressaltou que agosto ele não indicaria, porque realmente fica frio e difícil de aproveitar a natureza do lugar.

É claro que no verão e em julho, que é período de férias, haverá mais gente em Ilha Grande e os preços estarão mais altos.

Onde Comer

Apesar de muito pequena a Vila do Abraão tem uma diversidade de lugares para comer e com um cardápio para todos os gostos e bolsos.

Espetinho na Brasa

Comemos nesse lugar várias vezes. Ele possui um cardápio variado com pizzas, espetinhos, pratos executivos com espetinhos, pastéis, sorvete, e tudo em um precinho camarada.

As pizzas, por exemplo, custam entre R$ 15,00 e R$ 18,00. Você pode comer um prato executivo com arroz, um espetinho, vinagrete e farofa por R$ 16,00.

Ele fica ao fundo de uma galeria que também é entrada para um hostel, bem ali na rua principal do Abraão, próximo à Estação Abraão. Por ser todo coberto ele é uma boa pedida para aqueles dias de chuva, além do que tem um atendimento muito bom.

espetinho na brasa ilha grande rio de janeiro
A entrada do Espetinho na Brasa.

Armação de Búzios

Este restaurante foi uma dica de uma vendedora da agência de passeios. Segundo ela era bom e tinha um bom preço também. Acabou que, por acaso achamos esse restaurante e ficamos por lá. Realmente é uma alternativa econômica e tem uma comida caseira muito gostosa.

Eu estive lá duas vezes, a primeira foi para jantar e a segunda para almoçar. Nas duas vezes o restaurante estava cheio. Sentamos sempre na última mesa solitária que conseguíamos improvisar.

Por estar sempre cheio os funcionários ficam num corre-corre danado. Tenha paciência, vai dar tudo certo. Seu pedido vai chegar, mas não custa dar uma lembrada ao garçom quando ele passar perto de você. Paguei R$ 40,00 por uma refeição gigantesca que pedi com a minha amiga (a refeição para dois serve facilmente três pessoas) de filé de peixe, mais um suco e ainda os 10% juntos.

Quando voltei no almoço paguei o mesmo valor, mas desta vez demorou muito. As amigas que estavam comigo pediram o prato que mais demorava para ficar preparado, porém, não nos avisaram. Reclamamos! No fim ficou tudo bem e elas amaram a comida.

Esse restaurante fica na rua da loja das Havaianas. Ali bem perto do píer da estação Abraão.

armação dos anjos ilha grande rio de janeiro
O Armação dos Anjos. Fácil de achar e sempre cheio.

Pizzaria Fornilha

Quando você quer comer uma pizza na Vila do Abraão essa é uma das pizzarias indicadas. Fica na esquina da rua Santana, ou seja, na rua em que ficam concentradas as agências de passeios de barco.

Eu e minha irmã dividimos uma pizza de 8 pedaços. Gostamos muito. O atendimento é bom e a pizza chega bem rápido por causa do forno que eles usam.

Pagamos cada uma R$ 47,30 – valor da pizza, mais um suco, mais os 10%.

Shawarma

Fui nesse restaurante uma vez com uma amiga na sexta-feira. Queria ter ido de novo mas não encontramos ele aberto nem no domingo e nem na segunda-feira.

O bar tem um estilo bem rock’n roll, desde o ambiente até as músicas que tocam. Uma playlist top!

Nós comemos um sanduíche muito gostoso. Aliás, se você quiser comer um lanche esse lugar tem um sanduíche grego maravilhoso e com um preço bem simpático. Nossa conta ficou em R$ 28,00 para cada uma.

shawarma rock ilha grande rj
Para o amante de Rock e de um sanduíche.

Kebab Loungie

Esse lugar é um daqueles que quando a gente passava dava vontade de entrar. O ambiente é bonito, convidativo. Tem música ao vivo e o chefe fica bem a vista preparando os pratos. Por isso dá mais vontade de entrar.

O restaurante também fica na rua Santana, que é aquela em que ficam concentradas as agências de passeios de barco, ou seja, a mesma rua da Pizzaria Fornilha.

Nós fomos lá em quatro pessoas, minha irmã, eu e mais duas amigas. Olhamos o cardápio e resolvemos ficar com o yakissoba. Nós dividimos dois yakissobas. Uma outra amiga nossa tinha ido 3 vezes nesse restaurante comer esse prato. Ela era alucinada com ele desde uma outra vez em que esteve em Ilha Grande. Bom, não achamos que fosse isso tudo.

Achamos o prato bem mais ou menos e custava R$ 48,00. Como nós dividimos e tomamos uma cerveja pagamos R$ 35,20 cada uma. Lembrando que o restaurante cobra couvert, e naquele dia custava R$ 7,00.

O que você precisa saber da Ilha

Quando chegamos em Ilha Grande e começamos a andar por lá percebemos que tudo é caro, desde o supermercado, os passeios e as hospedagens. Claro, em se tratando de alta temporada os preços são mais caros mesmo, mas uma coisa te digo, achei tão caro quanto em Fernando de Noronha. A única diferença é que Noronha é muito longe do continente, as coisas lá são mais difíceis de chegar, enquanto que Ilha Grande é logo ali, do lado de Angra dos Reis.

Dinheiro é uma coisa muito importante para qualquer viagem e em Ilha Grande não há caixa eletrônico, nem banco. Então, leve algum dinheiro com você para pagar os barcos que você precisar quando for fazer passeios e pagar algumas outras pequenas coisas.

Apesar deste problema relacionado a ausência de agências bancárias não tive problemas relacionados a isso. Tirei um pouco de dinheiro em Paraty e conseguia passar cartão em todos os restaurantes, agências de turismo e até no hostel.

Outra coisa importante sobre Ilha Grande: falta luz todos os dias. Isso quer dizer que se a sua hospedagem não tiver um gerador você poderá ficar sem ar-condicionado, sem luz, sem água quente no chuveiro.

É muito comum as pessoas terem gerador na ilha, mesmo assim, as vezes ele não aguenta a demanda. Em alguns momentos ficamos sem luz, mesmo que por pouco tempo, e sem ar-condicionado, justamente porque o gerador não deu conta de tudo.

Orçamento de Ilha Grande

Você pode conferir todos os gastos de Ilha Grande na tabela abaixo, que também contem os gastos relacionados à Paraty que foi a primeira parte desta viagem super legal.

PLANILHA DE CUSTOS DA VIAGEM – PARATY/ILHA GRANDE – 02/01/2020 A 16/01/2020
GastosValor (R$) – BRL
Passagem de avião Gol – Vitória/São Paulo – CongonhasR$ 318.64
hostel El Jardin – ParatyR$ 270.00
hostel Beira Mar – Ilha GrandeR$ 464.00
hostel em São Paulo – uma diáriaR$ 70.00
Uber para aeroporto de Vitória – total R$ 5,60R$ 2.80
Uber hostel em SP/Terminal Tietê – total R$ 24,00R$ 10.55
Uber aeroporto de Congonhas/Hostel em SP – total R$ 17,50R$ 9.75
Lanche na rodoviária de São PauloR$ 12.00
Lanche parada de ônibusR$ 5.00
Lanche parada de ônibus em UbatubaR$ 10.00
Biscoito e águaR$ 6.78
Passagem de ônibus Viação Colitur ida e voltaR$ 10.00
Jantar no CandeeiroR$ 42.50
Passagem de ônibus Viação Colitur ida e voltaR$ 10.00
Açaí + PãoR$ 11.00
Jantar na Casa do JesséR$ 42.00
Pizza na Casa do JesséR$ 32.00
SalgadosR$ 10.00
Passeio barco GaldiadorR$ 90.00
Cachaça + ímãsR$ 116.80
Jantar na Esfiharia HomusR$ 23.65
Cocada no carrinhoR$ 6.00
Passagem de ônibus Viação Colitur ida e voltaR$ 10.00
Passeio de barco no Saco de MamanguáR$ 100.00
Jantar na Omeletria CaiçaraR$ 36.90
Ônibus Viação Colitur para Angra dos ReisR$ 16.00
Barca para Ilha GrandeR$ 16.70
Água + pão + biscoitoR$ 7.00
Passeio Volta a IlhaR$ 200.00
Jantar no EspetinhoR$ 22.00
Passeio Ilhas paradisiacasR$ 170.00
Lanche no EspetinhoR$ 12.00
Lanche no ShawarmaR$ 28.00
Lanche no EspetinhoR$ 22.00
Passeio Meia volta a IlhaR$ 130.00
BrownieR$ 7.00
Lanche no EspetinhoR$ 11.00
Pizzaria FornilhaR$ 47.30
ÍmãR$ 6.00
Almoço no Armação dos AnjosR$ 40.00
Jantar no Armação dos AnjosR$ 40.00
Fast boat – Abraão/AngraR$ 60.00
Kebab metade de um YakisobaR$ 35.32
Sorvete no Frente friaR$ 14.88
Passagem de ônibus Angra/SP (ClickBus)R$ 148.78
Passagem de ônibus SP/Paraty (ClickBus)R$ 124.18
lanche na estradaR$ 9.00
Uber – Estação Santa Luzia/Rodoviária de Angra – total R$ 7,00R$ 3.25
lanche na estradaR$ 12.00
Uber Rodoviária de SP/hotel – total R$ 17,43R$ 8.71
Flat em São Paulo uma diária = R$ 152,00R$ 76.00
Lanche no StarbucksR$ 14.90
Almoço em São PauloR$ 38.70
Uber Hotel/Aeroporto de Congonhas – Total R$ 22,00R$ 11.00
Uber Aeroporto de Vitória/casa – Total R$ 7,60R$ 4.00
Passagem de trem para AimorésR$ 48.00
Passagem de ônibus Aimorés/VitóriaR$ 47.94
Uber para a Estação FerroviáriaR$ 22.61
TotalR$ 3,174.64

E aí? Gostou das nossas dicas sobre mais essa viagem legal para fazer?
Deixe seu comentário ou dúvida aqui embaixo, que ficaremos felizes em ver seu comentário.


0 comentário

Deixe um comentário, ficaremos felizes em responder